Edição 2099 – Bandeirada 114 e Orgulho Autista

O Dia do Orgulho Autista é celebrado em 18 de junho, mas, pra mim, a partir de agora, ele passa a ser celebrado em 5 de julho. Por quê? Pense numa pessoa superando suas limitações e expectativas pra produzir um programa de rádio AO VIVO…

"putaquepariueuvoumorrer!!"
“putaquepariueuvoumorrer!!”

Vamos considerar que eu comecei a suspeitar que eu tenho Asperger em maio de 2013 e fui diagnosticado oficialmente um ano depois. Mas, antes disso, eu já tive muitas experiências na Rádio Show do Esporte e também em outros programas.

Fui apresentador do Mesa de Boteco entre 2011 e 2013, que era um podcast semanal que falava mais sobre futebol, embora eu nunca tenha feito parte oficialmente da “parte técnica” do programa: eu apenas apresentava e pronto. O programa era gravado domingo de noite e ia pro ar às terças, no mesmo horário do Bandeirada.

A minha experiência na apresentação do Boteco me ajudou no Bandeirada. Cheguei até a apresentar o programa duas vezes, mas gravado anteriormente. Até o dia que eu apresentei o programa AO VIVO no dia do meu aniversário!!

...para desespero de Vanessa Vilela, que não consegue não rir toda vez que lembra deste vídeo...
…para desespero de Vanessa Vilela, que não consegue não rir toda vez que lembra deste japonês cantando enquanto uma jovem e simpática moça lhe tocava umazinha…

Mas o dia 5 de julho de 2015 vai ficar marcado pra mim, porque eu, além de ter participado do Bandeirada e também ter apresentado o programa em questão, eu também fui responsável por fazer toda a parte técnica, isto é: gravar o programa para posterior publicação neste site e no Blog do Roli, fazer a sonoplastia do programa (colocar vinhetas, tirar vinhetas, etc…) e o mais importante: fazer o programa ser transmitido pela rádio!!

Sim, caros amigos!! Se vocês ouviram o Bandeirada 114 ao vivo ontem, foi porque EU dei o PLAY no bagulho!! E, com a graça de Janái Himura, deu tudo certo, mesmo com a internet do Vinícius quase não funcionando a menos de uma hora do início do programa. E, apesar dos tropeços, acredito ter feito um ótimo trabalho.

Ouvir o Rodrigo me agradecendo pela ajuda e me elogiando pelo serviço foi gratificante por demais!! E isso é só uma prova de que os autistas também são capazes de evoluir. Só precisam do incentivo certo, o resto flui normalmente…

E depois que vocês tiverem visto o primeiro postulante do Troféu Robert Kubica desta semana, vocês ouçam mais uma edição do Bandeirada!! Vocês já estão cansados de saber quais são os esquemas pra você ouvir o programa, então taca-lhe pau!!

Ah, a música que toca no final do programa é um repeteco do que já caiu na Edição 1544, postada pela queridíssima Bianca Moura, enquanto ela fazia parte daquela que já foi, um dia, uma grande família akaikkiana…

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − catorze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.