Edição 2048 – E se o “se” fosse pro limbo?

aint Seiya Omega está chegando em sua reta final. O spin-off mais amado e odiado de todos os tempos me serve de inspiração para o tema desta edição: “what ifs” relacionados a Shiryu, Hyoga, Shun, Ikki e o outro… Ou melhor, a Souma, Yuna, Ryuho, Haruto, Eden… e o outro…!!

O próprio “outro” antecessor do “outro” atual já mostra essa tendência de alguns “what ifs” que eu adoraria poder ver. Por exemplo: e se o anime clássico de Saint Seiya seguisse RIGOROSAMENTE a história do mangá? Não só pela história, mas pelo visual da mesma, com as Armaduras de Bronze, DE FATO, evoluindo ao longo da história… (ou eu sou o único que acha totalmente ilógico um elmo evoluir pra uma tiara?)

Bom, aqui ao lado, tem um dos testes que Shingo Araki (artista-chefe da versão animada de Saint Seiya) fez pro anime. À esquerda, temos Ikki e Seiya com um desenho parecido com as Armaduras do mangá, bem diferente do que nós vimos na série clássica, à direita. (clique pra ampliar) Presumo eu que Araki resolveu optar por um visual mais chamativo porque, além de ser feito pra uma mídia mais colorida, seria um chamariz pra Bandai vender os bonequinhos da série. Não entendo a “regressão” das Armaduras, mas este não é o foco desta edição.

Saint Seiya gerou alguns spin-offs criados por outros artistas diferentes. Os mais notórios são o Episódio G (desenhado por Megumu Okada), o Lost Canvas, (desenhado por Shiori Teshirogi) e Sailor Pegasus Saint Seiya Omega (desenhado por Yoshihiko Umakoshi). Estes spin-offs são conhecidos por sair do traço original da série clássica criado por Shingo Araki.

IPC: Não conto com o Next Dimension porque este é continuação oficial da série clássica, desenhada pelo próprio Masami Kurumada.

Pois bem, o desenhista italiano Marco Albiero fez alguns fanarts que foram a inspiração inicial para esta edição. Eu citei Lost Canvas e Saint Seiya Omega, certo? Pois bem, este artista resolveu recriar a imagem de divulgação de Lost Canvas com um traço similar ao mangá clássico do Kurumada e o anime clássico do Araki. O resultado você vê abaixo… (e clica pra ampliar)

Curiosa a semelhança entre o Tenma e o Seiya? Bom, é dito que um é a reencarnação do outro, então não vejo como tão ilógico. Não esquecendo, claro, que as roupas de baixo do mangá são brancas e isso o artista fez questão de manter.

Saint Seiya Omega também foi contemplado com os fanarts de Marco Albiero. Se Kouga e seus amiguinhos fossem desenhados por Kurumada e Araki, seriam algo parecido com isso:

Pois bem… Mostradas estas fanarts, agora é a hora em que o título desta edição vai começar a fazer sentido. E se o “se” fosse pro limbo? Bom, eu estava caçando algumas notícias de Saint Seiya e me deparei com esta notícia.

Sailor Pegasus terá uma segunda temporada que, pelo que eu fiquei sabendo, vai dar um passo atrás na evolução que a primeira temporada se atreveu a fazer. Se a primeira temporada tinha um Yoshihiko Umakoshi criando algo novo, a segunda temporada vai ter um Keiichi Ichikawa voltando pro traço do Shingo Araki. E toda a história “voltando pra trás”, com Kouga e seus amiguinhos carregando as Armaduras nas “mochilas”, como o “outro” fazia. Tipo, todo o conceito de “novidade” criado na primeira temporada, PELO QUE EU ENTENDI, vai deixar de existir e vai voltar a ser como era antes. Tá então, né…

Confesso que aguardo essa continuação de Saint Seiya Omega, mas eu espero que haja uma explicação muito plausível para este “retrocesso”. Se, de fato, isso for um retrocesso. Sim, porque, vai entender o que se passa na cabeça desse pessoal…

A nova temporada de Saint Seiya Omega estreia no dia 7 de abril, na semana seguinte ao encerramento da primeira.

IPC: Temos nessa imagem um Cavaleiro de Aço, um remake do Saga e um remake do Hagen… Puta que pariu quem fez essa merda, viu…

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 6 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.